Ministro do TSE determina que TRE reconsidere resultado da eleição e coloca Beto Rosado na vaga de Mineiro

O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, acolheu recurso de Kericlis Alves Ribeiro, o Kerinho, reconhecendo que ele preencheu todos os requisitos no pedido de registro de candidatura.

O impasse se deu porque Kerinho não tinha conseguido apresentar documentos exigidos para registrar a candidatura, mas ele provou, o que o TSE reconheceu, que o erro foi da Justiça Eleitoral, que não reconheceu seus documentos.

“Nesse contexto, é necessário que o TRE/RN recalcule os referidos quocientes no que toca ao cargo de deputado federal do Rio Grande do Norte, ressalvando-se que o resultado definitivo dos eleitos fica condicionado ao que se decidir no julgamento do presente feito”, diz o ministro em sua decisão.

Em outras palavras, ele afirmou que o TRE deve reconsiderar a decisão que indeferiu o registro de candidatura de Kerinho.

Com isso, pelas regras eleitorais, Fernando Mineiro perde a vaga de deputado federal e Beto Rosado ganha direito ao assento na Câmara dos Deputados.

About author

dinarteassuncao

Comente: