fbpx


No Twitter, irmãos Bolsonaros aparecem trocando ironias e recebem cobranças sobre Flávio até de eleitores

18 de janeiro de 2019

Os perfis no Twitter dos irmãos Carlos e Eduardo Bolsonaro passaram a concentrar críticas desde que veio a público o caso de seu irmão, Flávio Bolsonaro, que pediu ao STF para paralisar a investigação do MPRJ sobre o motorista Fabrício Queiroz.

As críticas que os Bolsonaros recebem em seus perfis costuma ser de haters – aquelas bem pesadas e baixo nível – ou de usuários alinhados à esquerda.

A secção de comentários de seus tuítes, com frequência, são arena de debate entre quem é contra e a favor deles. Desde ontem, as críticas passaram a ser maioria.

No novo episódio, Carlos e Eduardo debocham de um post de O Antagonista, segundo o qual Carlos já foi recebido no Planalto mais do que 18 dos 22 ministros.

Comentários 0


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code