fbpx


Listamos para você os 12 pontos mais importantes da reforma da previdência apresentada por Bolsonaro

20 de fevereiro de 2019

O presidente da República, Jair Bolsonaro, apresentou nesta quarta-feira (20) ao Congresso Nacional a Proposta de Emenda à Constituição para alterar as regras da previdência.

O Blog do Dina adianta o que considera as 12 medidas mais significativas:

– Idade mínima de aposentadoria seja de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens.

– Essas idades para trabalhadores da iniciativa privada passarão a valer após um período de transição de até 14 anos.

– Será exigido ainda um tempo mínimo de contribuição de 20 anos ao INSS

– Para servidores públicos, esse tempo mínimo de contribuição ao INSS deverá ser de 25 anos.

– Os brasileiros que ganham acima de um salário mínimo precisarão contribuir por 40 anos para conseguir se aposentar com 100% do salário de contribuição (cujo teto hoje é de R$ 5,839 mil)

– O trabalhador que pretende se aposentar por tempo de contribuição poderá escolher a regra de transição que mais lhe beneficiar entre três possibilidades

– Num geral, a proposta mexe nas alíquotas de contribuição dos trabalhadores e vai cobrar uma contribuição maior de quem tem os maiores salários.

– As alíquotas nominais chegarão a 22% no caso dos servidores e 14% no caso do INSS.

– As novas alíquotas serão progressivas, incidindo por faixa do salário, num modelo igual ao que ocorre no Imposto de Renda.

– O governo irá apresentar a proposta de reforma da Previdência dos militares até do dia 20 de março

– A proposta prevê economia de R$ 1,16 trilhão em 10 anos

– Aposentadoria rural teve idade mínima unificada tanto para homens quanto para mulheres, de 60 anos de idade, e 20 de contribuição. A mesma unificação foi aplicada a professores. Idade mínima de 60 e tempo de contribuição de 25 anos para mulheres e 30 para homens.

Comentários 0


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code