Erramos: não procede número de suicídios divulgado sobre a Ponte Newton Navarro

Ao contrário do que divulguei neste espaço, não procede que 413 pessoas cometeram suicídio na Ponte Newton Navarro neste ano.

Como o número foi confirmado por mais de uma fonte no momento da produção, o procedimento de divulgação foi, conforme julguei, correto. Mas eu estava errado.

Para a produção da matéria em que utilizei a estatística, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed) informou que não divulgaria os números, alegando se tratar de estatística sensível. Nesse meio tempo, outras publicações apontavam para estatísticas diversas.

Diante das contradições do caso, no sábado (18), solicitei à Sesed, via Lei de Acesso à Informação, que os números sobre o Rio Grande do Norte e especificamente sobre a Ponte Newton Navarro fossem disponibilizados porque eles não estão acobertados por nenhum tipo de sigilo. Ainda não houve retorno.

Mas, nessa quarta-feira (22), os números foram divulgados pelo portal G1, em recorte exclusivamente sobre Natal. A matéria diz que são números oficiais de órgãos ligados à Sesed e aponta para 19 suicídios neste ano na capital, não só na ponte.

A informação cuja verdade agora reponho também consta em matéria que produzi para o site da revista Época.

Ainda aguardo os números oficiais para acionar o site da publicação e retificar a informação.

Como não tenho compromisso com o erro e perdão foi feito para pedir, peço desculpas aos leitores pelo lamentável erro de apuração.

Agradeço a quem confia na seriedade do trabalho desenvolvido neste espaço, como também às críticas – às construtivas e às maledicentes, pois dão-me norte do que não quero ser.

Dinarte Assunção – Editor do Blog do Dina

About author

dinarteassuncao

Comente: