fbpx


RN registra morte em sistema prisional no mesmo fim de semana em que facções se amotinam no AM e ES

27 de maio de 2019

Uma morte foi registrada no sistema prisional do Rio Grande do Norte no mesmo fim de semana em que o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, teve motim que resultou em 15 mortes.

Ao Blog do Dina, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), confirmou a morte de um homem no Complexo Penal Doutor João Chaves, mas não confirmou relação entre os eventos.

A pasta também garantiu que o sistema prisional está sob controle.

Ao fim de 2016, uma onda de violência em presídios começou em Manaus, no mesmo Compaj, se alastrou para Natal, no massacre de Alcaçuz, e escandalizou o mundo com a barbárie.

A morte na João Chaves ocorreu entre os dias 24 e 25. Um preso do regime semiaberto foi espancado até a morte. O caso está sendo apurado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Em Manaus, as mortes foram entre o sábado (25) e o domingo (26), quando 15 pessoas terminaram mortas.

Já na manhã de domingo, uma rebelião foi registrada na Casa de Custódia de Vila Velha (Espírito Santo). Não houve mortes.

Tanto no Amazonas quanto no Espírito Santo, as autoridades divulgaram que os conflitos aconteceram em razão de desavenças entre organizações criminosas. 

 

Comentários 0


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code