Caso Funpec: Denúncia que originou investigação narra suposto desvio para a campanha de deputado federal, mas MPF mira em gestores da Funpec e Fields

O inquérito conduzido pelo procurador Kleber Martins no Ministério Público Federal partiu de denúncia em junho de 2018 que indica que recursos do contrato da Funpec com a agência Fields teriam acabado na campanha para deputado federal de Orlando Silva, do PC do B do Maranhão.

De acordo com a denúncia, o deputado federal seria sócio oculto da Fields e que a escolha da empresa para o contrato de publicidade com a Funpec teria sido ajustada entre seu sócio-diretor Sydney Campos Silva e o publicitário Mário Rosa, de modo que R$ 1.200.000,00 fosse destinado para a campanha de Orlando.

O Blog do Dina tenta ouvir os três citados no inquérito do MPF. Na própria peça, o procurador Kleber Martins faz a seguinte ressalva:

“Por ora, à míngua de qualquer elemento de convicção, ainda que indiciário, que respalde a alegação de que um eventual desvio de recursos desses ajustes serviram para abastecer a campanha eleitoral de ORLANDO SILVA a deputado federal, não há justa causa para colocá-lo como investigado. Os atos investigatórios já adotados e que a seguir determino tiveram e terão em mira a materialidade dos ilícitos cogitados e, como pretensos autores, por enquanto, apenas os representantes da FUNPEC e da empresa FIELDS”, anotou o procurador.

*Mais informações em instantes

About author

dinarteassuncao

Comente: