fbpx


Comissão discute medidas para garantia da saúde mental e prevenção de suicídios

7 de junho de 2019

A Comissão de Direitos Humanos, Proteção das Mulheres, Idosos, Trabalho e Minorias daCâmara Municipal de Natal, debateu na manhã desta sexta-feira (7) sobre as políticas de saúde mental, com vistas a evitar suicídios. Vários aspectos da problemática foram apresentados com dados para combater o problema, considerado de saúde pública.

A Ponte Newton Navarro, em Natal, tornou-se principal cenário do noticiário depois que sentinelas voluntários se instalaram às suas margens para abordar pessoas com intenções suicidas e evitar o ato em si. Contudo, a representante da equipe técnica da saúde mental da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap-RN) revelou que apenas 1% dos casos de suicídio acontecem na referida ponte. “Temos 95% dos casos acontecendo em casa, por outros meios, enquanto 4% acontecem em áreas externas que não são a ponte. Somente 1% é registrado na ponte Newton Navarro, demonstrando que não se limita a um local, muito embora seja preciso melhorias em termos de estratégias de prevenção”, disse.

Neste sentido, ela conta que existe um grupo multidisciplinar, com representantes de secretarias de segurança, saúde, juventude e educação, do Governo do Estado e de Natal, traçando medidas para enfrentar a problemática. Entres estas, o projeto de contenção na ponte, apresentado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-RN); o reforço do monitoramento por câmeras, que agora cobre 100% da estrutura; e o trabalho conjunto do Centro de Valorização da Vida (CVV) com o SAMU.

Comentários 0


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code