Colégio privado de Natal adota livro que trata impeachment de Dilma como golpe e gera indignação; editora se desculpa

17 de junho de 2019

Um livro didático utilizado pelo colégio CEI Mirassol está causando frisson nas redes pela abordagem que tem sobre o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, descrito no material de geografia para o 7º ano como golpe.

“Após a consagração de políticas sociais que reduziram a desigualdade, novas cobranças começaram a surgir e a oposição civil-política se mobilizou contra o governo consagrando o golpe que tirou Dilma Rousseff do poder em 2016 e colocou o vice-presidente Michel Temer na cadeira presidencial”, descreve o livro, produzido pela Editora Eleva.

As reproduções do livro são acompanhadas por críticas ao colégio, citado como espaço em que se fomenta militância partidária.

Ao Blog do Dina, se manifestaram o CEI Mirassol e a Editora Eleva, que pediu desculpas “por qualquer desconforto que tenha sido gerado no ambiente escolar. Uma errata foi produzida e será disponibilizada no portal para professores e alunos”.

A editora ainda afirmou que seu objetivo é “fomentar o entendimento dos estudantes sobre discussões relativas aos processos políticos, sociais e econômicos do país, a fim de ajuda-los a analisar a complexidade dos acontecimentos políticos”.

Ela ainda disse em nota que busca neutralizar “quaisquer posicionamentos ideológicos” e que trabalha continuamente na melhoria dos nossos processos internos para minimizar o risco de colocações parciais no nosso material”.

O CEI Mirassol afirmou que sempre que o assunto é abordado em sala de aula os dois lados são ponderados.

“No CEI Mirassol/Zona Sul, esclareceremos em sala que: alguns partidos políticos entendem o fato como golpe;
Outros partidos e juridicamente temos um impeachment”, esclareceu o colégio.

O impeachment

O impeachment de Dilma Rousseff, em 2016, aconteceu após o processamento de crime de responsabilidade pela petista, comprovado pela fraude fiscal no orçamento público.

A manobra consistiu em tirar dinheiro de bancos públicos para cobrir dívidas da União. Em governos anteriores, havia ajustes que chegavam a 0,1% do PIB. Sob Dilma, os patamares foram a 1%, gerando contabilidade criativa e apresentando uma realidade fiscal que não existia no Brasil, o que é expressamente vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Como Dilma tinha crise com o Legislativo e o país estava em crise financeira, esses aspectos foram considerados para criar a narrativa de que houve golpe na sua destituição.

Comentários


18 respostas para “Colégio privado de Natal adota livro que trata impeachment de Dilma como golpe e gera indignação; editora se desculpa”

  1. EMJ disse:

    Um absurdo o colégio tratar o assunto com essa abordagem. Esse livro deveria ser reprovado pela direção da escola. Bola fora!

    • Ramires Carlos disse:

      Golpe sim, todos os governos anteriores faziam essas pedaladas fiscais e nunca foram punidos por isso. Queriam o Aécio ladrão traficante na presidência, alguma dúvida?

  2. Marília Tavares disse:

    A informação de que o impeachment de Dilma foi um golpe é apenas uma das inverdades publicaras pelo livro. Ao falar do governo Lula, por exemplo, os autores colocam o governo do petista como criador dos programas Bolsa Família e Luz para Todos. É fato notório que esses programas foram criados no governo FHC. O primeiro, é a junção do Bolsa-Escola, Bolsa-Alimentação e Auxílio Gás, que mesmo antes de Lula assumir já estavam em processo de unificação. O que Lula fez foi concluir esse processo, mudar o nome para Bolsa Família e ampliá-lo. O programa Luz para Todos na verdade é apenas a nova designação do Peograma Luz do Campo, também do governo FHC. O mínimo que o autor do livro deveria ter feito é, no espaço destinado ao governo de Fernando Henrique Cardoso, dar o crédito pela criação desses programas, e no espaço destinado ao governo Lula registrar as mudanças. Os alunos que estudarem por este livro não saberão da importância do Plano Real que livrou o País de uma inflação superior a 2.000% ao ano e construiu as bases para o crescimento econômico. Tampouco irão saber que os governos do PT foram marcados pelo maior escândalo financeiro já registrado no mundo contemporâneo. Tal afirmação não é ideológica; é fato. Por causa dele, dezenas de políticos, incluindo Lula, foram pra cadeia. Trabalho em uma instituição ligada diretamente ao Ministério da Educação e farei uma reclamação formal sobre este material.

  3. Stallone Hulk disse:

    Ainda bem que estou em final de carreira como professor, pois começar agora seria no pior período pós-ditadura militar. Agora estamos vivendo época do imbecilismo, da ignorância, do idiotismo, de tudo quanto é de estupidez. Eu não teria paciência pra lidar com pais de alunos retardados. Não tenho saco pra aturar gente burra. Os autores de livros didáticos tem todo direito a liberdade de expressão e opinião. Agora tudo vira um minimi do cacete.

  4. Denise Azevedo disse:

    Esse absurdo deveria ser recolhido e a editora obrigada a fornecer uma nova edição correta, e não apenas publicar errata em site. Onde está o MEC para coibir a mentira que está sendo ensinada aos alunos? Quanto aos pais, revejam a posição de colocar seus filhos em escolas partidárias como essa.

  5. Francislí Galdino disse:

    Seria possível disponibilizar a nota do Eleva na íntegra para leitura e apreciação? Obrigada.

  6. Cláudio disse:

    Absurdo um colégio com viés ideológico comunista. Deveria ser fechado pelo MEC.

  7. Dalva Camara disse:

    É inadmissível uma escola dizer inverdades; 16 anos de gestão petista originou no Brasil: instabilidade econômica, insegurança pública a nível de Brasil, a educação, bem esta num ranking abaixo de países de terceiro mundo.

  8. Joaquim disse:

    O problema não é o conteúdo do livro, mas sim a polarização que existe no país. Para muitos foi impeachment, para outros tantos foi golpe. Quem tem a verdade? Esse é um debate político bastante melindroso que não importa o viés que for dado, pois, irá gerar insatisfação de alguém.

  9. JOSUE TEIXEIRA DOS SANTOS disse:

    A ex Presidenta Dilma já assumiu a Presidência de Lula Ladrão, com um déficit enorme e, para continuar um trabalho Com ideário de permanência no poder, fingiu que tudo estava bem, inclusive, fazendo pedaladas fiscais.

  10. É vergonhoso que uma escola com o prestígio do CEI Mirasol não tenha feito uma análise prévia da literatura que é repassada para as crianças. A abordagem na sala de aula não é mais do que uma gambiarra para resolver um problema que não devia ter acontecido em nenhum momento. Se respeita o processo jurídico independente de questões partidárias e acabou.

  11. Araujo disse:

    Simples!
    É só não matricular seus filhos neste colégio. Deixa as vagas apenas pros esquerdopatas.

  12. Maura Ribeiro disse:

    Um absurdo, um colégio como o CEI está militando a favor de políticos corruptos. Não vou permitir meus filhos e netos estudando numa instituição que desinforma e desvirtua a história do Brasil.

  13. Marineide disse:

    Simplesmente inaceitável um colégio do padrão do CEI se prestar a ideologia do fracasso que foi 16 anos de retraso na família e desmoralização de nossos valores! Existem outras escolhas e essa não seria onde meus netos estudariam!

  14. Edneide disse:

    Minha filha estuda na escola e não vejo nada de doutrinação. Muitos aqui estudaram na escola sobre o golpe militar. Vocês viraram revolucionários? Vocês querem que um historiador/geógrafo escreva o que você querem? A era Lula foi a que o pais mais cresceu. Vão estudar e observar como era antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *