A farsa desmascarada: PT usa dinheiro público para financiar campanha ‘Lula Livre’

IstoÉ está nas bancas com reportagem que expõe como o PT usou R$ 1 milhão do fundo partidário para financiar a campanha Lula Livre.

A ação é descaradamente contra a lei.

O Fundo Partidário destina-se a sustentar as atividades de organização meramente partidárias, não iniciativas de promoção pessoal de seus filiados, como se verifica clara, expressa e indiscutivelmente no movimento pela libertação do ex-presidente.

Prestações de contas da Executiva Nacional petista ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o montante destinado ao partido pelo Fundo Partidário comprovam que o PT usou dinheiro da União — ou seja, público — na compra de passagens aéreas, diárias de hotéis e alimentação para os petistas irem a Curitiba pedir a soltura do ex-presidente, no pagamento de locação de veículos, no aluguel de salas para reuniões e, até mesmo, no custeio do trabalho de seguranças privados em atos registrados em favor do “Lula Livre”.

About author

dinarteassuncao

Comente: