Em entrevista, procurador reclama de articulação de deputado em favor do decreto

Na entrevista que concedeu à Folha de S.Paulo, o procurador da República Emanuel de Melo Ferreira disparou lá pelas tantas o seguinte na guerra sobre o decreto que beneficiou a indústria salineira potiguar.

Reproduzo na íntegra o seguinte parágrafo:

As indústrias realizaram “uma ação política” para obter o decreto presidencial, segundo a Procuradoria. “Pelo que soubemos, houve apoio político de um deputado daqui que teve acesso, de alguma forma, ao presidente e conseguiu convencê-lo [a assinar o decreto]. Não surpreende, por conta desse perfil do governo de não dar atenção às questões ambientais”, disse à Folha o procurador da República Emanuel de Melo Ferreira.

Do blog: apesar de não mencionado, a referência é a Beto Rosado. Apesar da reclamação, o parlamentar não incorreu em crime. 

About author

dinarteassuncao

Comente: