Espetáculo de Clowns de Shakespeare que ataca repressão é suspenso pela Caixa no Recife, e debate é sobre censura

O espetáculo ‘Abrazo’, do grupo potiguar Clowns de Shakspeare, em cartaz na Caixa Cutural do Recife, foi suspenso neste sábado (8).

ATUALIZAÇÃO: A Caixa entrou em contato com o blog para se posicionar. Veja o que ela disse aqui.

O fio condutor de ‘Abrazo’ É uma forte crítica ao cerceamento das liberdades individuais.

O grupo postou em sua rede social no Instagram que a suspensão foi por determinação da Caixa Econômica.

O espetáculo é dividido em duas partes: a encenação e um debate.

Conforme apurou o Blog do Dina, um funcionário da Caixa, o banco – e não a entidade cultural, filmou o debate e, ato contínuo, comunicou que o grupo transgrediu cláusulas contratuais e comunicou a suspensão do evento.

Procurada, a Caixa Cultural não foi contatada nos números disponíveis em seu canal.

O grupo Clowns de Shakespeare não vai se manifestar até parecer conclusivo da Caixa. Nessa segunda, deverá haver reunião entre o grupo e a Caixa para resolver a questão.

‘Abrazo’ é segunda parte da trilogia que compõe o projeto de pesquisa latino(-)americano, Abrazo é uma obra voltada para o público infanto-ju venil, que pode ser assistido por crianças e adultos de todas as idades.

Num lugar em que não é permitido abraçar, personagens atravessam um quadrado contando histórias de encontros, despedidas, opressão, exílio e, porque não, de afeto e liberdade.

O espetáculo feito sem a palavra oral, conta com uma trilha sonora especialmente composta para a cena e com o vídeo de animação para narrar essa aventura inspirada em “O Livro dos Abraços”, de Eduardo Galeano.

Confira o comunicado do grupo:

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

[…]

Uma publicação compartilhada por Clowns de Shakespeare (@teatroclowns) em

About author

dinarteassuncao

Comments(2)

  1. REPLY

    Lúcio Lima says

    Estamos numa ditadura! Sútil, mas ditadura!!! Usam as instâncias do governo para atacar a liberdade…em detrimento da Cultura, da ciência, das artes…
    Estamos de mãos atadas!!!
    Seremos resistência!!!

Comente: