Estamos perplexos com a inércia da governadora e da bancada federal diante das manchas de óleo no litoral

O Rio Grande do Norte assiste perplexo ao silêncio – de ações, e não de palavras – de sua organização política perante as manchas de óleo que afetam o estado.

É, entre os estados atingidos, o mais prejudicado. São 43 áreas afetadas, segundo o IBAMA.

Nenhum pio da governadora do Estado nem da bancada federal.

O coordenador da agremiação de parlamentares, Rafael Motta, chegou a anunciar que cobraria explicações.

Precisamos de mais do que ações.

Não podemos nos dar ao luxo de ver a principal atividade do estado, o turismo, amparada apenas por um pedido de explicações.

About author

dinarteassuncao

Comente: