fbpx


Mãe que perdeu filha para coronavírus em Natal foi enganada com vazamento de falso resultado de exame

12 de abril de 2020

A Secretaria Estadual de Saúde entrou em contato com o Blog do Dina para explicar que seguiu os protocolos ao lidar com o caso de uma criança de um ano e sete meses que morreu por covid-19 em Natal.

A mãe da criança, Raimunda Borges, divulgou vídeo neste domingo (12) em que explicou que o resultado do exame da filha mudou de influenza B para covid-19.

Como ela recebeu a informação de que se tratava inicialmente de influenza B, não precisou cumprir quarentena. Após a confirmação por covid-19, ela foi criticada, já que moradores de Cerro Corá julgaram que ela teria rompido isolamento social.

Mas, oficialmente, explicou a Sesap, o resultado de covid-19 nunca esteve errado. Entre a morte e o laudo confirmando coronavírus, a mãe teve acesso à informação vazada e equivocada dando conta de que se tratava de influenza B.

O Blog do Dina apurou que o vazamento partiu de gente com acesso às informações da própria Sesap.

O caso

A criança morreu na quinta-feira (9) no Hospital Maternidade Maria Alice Fernandes sob suspeita da doença.

No dia seguinte, a mãe, conforme ela mesma contou no vídeo, teve acesso à informação de que a filha morrera por influenza B.

A criança teve influenza B em janeiro deste ano. Segundo o Blog do Dina apurou, no preenchimento da formulário sobre o óbito, o resultado do teste de influenza B de janeiro foi lançado como atual.

Esse equívoco, na sequência, foi vazado para Raimunda Borges de forma não oficial.

No dia seguinte, 11, o laudo do exame da criança ficou pronto e apontava para covid-19. Foi então que a Sesap avisou tanto à família como às autoridades de Cerro Corá.

Durante 24 horas, portanto, a mãe da criança saiu às ruas de Cerro Corá por confiar em resultado diferente do laudo.

O caso aparece discretamente no boletim epidemiológico divulgado neste domingo (12), onde se lê:

“O caso de Cerro Corá divulgado anteriormente como descartado, foi corrido no sistema sendo este confirmado para COVID-19, pois o laudo anteriormente informado no sistema havia sido de exame realizado no mês de janeiro, no qual havia sido identificado outro vírus respiratório detectado”

Comentários


2 respostas para “Mãe que perdeu filha para coronavírus em Natal foi enganada com vazamento de falso resultado de exame”

  1. Junior Play disse:

    Esse negócio de diagnóstico errado já virou bagunça.

  2. ROOSEVELT ARILMES MUNIZ DE ALBUQUERQUE disse:

    NÃO EXISTE MORTE POR CORONA VÍRUS
    EXISTE MUITA MENTIRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code