Em mais um protesto, rodoviários paralisam ônibus no Baldo; Seturn critica omissão da prefeitura

Motoristas e cobradores do transporte coletivo de Natal realizam mais uma manifestação nesta segunda-feira (18). O ato está concentrado no Viaduto do Baldo, em frente à sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro-RN).

De acordo com o sindicato, a paralisação afeta as linhas de todas as empresas da capital potiguar e cobra o pagamento de direitos trabalhistas por parte das empresas. O ato não tem horário para ser encerrado. Além disso, os rodoviários cobram uma reunião com o prefeito Álvaro Dias e protestam contra a demissão de cobradores. A informação foi confirmada pelo diretor de comunicação do sindicato, Harley Davidson.

Por outro lado, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros por Ônibus de Natal (Seturn) afirmou ao Blog do Dina que não tem como negociar com os trabalhadores da categoria e cobrou um apoio da Prefeitura de Natal e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

“As empresas não se negam a discutir, mas elas não têm condições de negociar com a categoria. A redução da arrecadação é de cerca de 70% e a prefeitura é omissa e não sinaliza nenhuma medida, não faz nada. A tendência é acontecer o colapso que o Seturn vem falando”, afirmou o consultor técnico do sindicato das empresas.

A STTU disse que “ainda não irá se posicionar” e confirmou que o sistema de transporte coletivo da capital potiguar ainda está paralisado sob o Viaduto do Baldo. Na semana passada, a secretaria afirmou, em nota, que o imbróglio se tratava de “discussão trabalhista entre empresas e trabalhadores”.

About author

dinarteassuncao

Comente: