fbpx


Na contramão da quarentena, Brasil tem explosão de mortes por Covid-19

6 de junho de 2020

Mesmo sem conseguir reduzir o número de mortes diárias por Covid-19, o Brasil começou a experimentar um enfraquecimento do isolamento social. Entre os dez países com mais óbitos no mundo, apenas Brasil e México adotaram esse procedimento.

Com mais de mil mortes em cada um dos últimos quatro dias, o país tem visto o número de vítimas fatais bater recordes. Na quinta-feira (4), quando registrou 1.473 óbitos, o Brasil teve 28% das mortes por Covid-19 naquele dia.

Mesmo assim, governadores e prefeitos estão decidindo afrouxar as medidas de isolamento social. No âmbito federal, o presidente Bolsonaro se mostrou contrário às medidas desde o início da pandemia.

Além disso, dados indicam que a queda na movimentação no Brasil foi menos intensa do que em cinco países entre os dez com mais óbitos. No patamar brasileiro mais baixo, o índice foi de 35%.

Na Espanha e na Itália, os números ficaram em 11% e 14%, respectivamente. Na Argentina, a circulação de pessoas na rua chegou a ser de 9%. Foto: Ney Douglas.

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code