Mandato de Weintraub no Banco Mundial será até outubro

19 de junho de 2020

O Banco Mundial recebeu, na noite desta sexta-feira, a comunicação oficial que indica o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub para o cargo de diretor executivo no conselho administrativo da entidade.

Para que assuma o posto, a nomeação precisa ser aceita pelos demais países do grupo do qual o Brasil faz parte — porém, como nunca uma candidatura brasileira foi contestada, a expectativa é que o ex-ministro seja eleito.

Ele deverá cumprir o restante do mandato atual que termina em 31 de outubro de 2020, quando será necessária uma nova nomeação e nova eleição.

Comentários %


Uma resposta para “Mandato de Weintraub no Banco Mundial será até outubro”

  1. […] Após ser demitido do Ministério da Educação, por pressão do Supremo Tribunal Federal (STF), Abraham Weintraub disse nesta sexta-feira (19) que está saindo do Brasil o mais rápido possível. Ele foi indicado por Jair Bolsonaro a um cargo no Banco Mundial. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code