Dina Verifica: nuvem de poeira do Saara pode atingir Natal

INFORMAÇÃO FALSA

Nessa semana, uma nuvem de poeira que saiu do deserto do Saara começou a atingir países do Caribe. Por ter a maior densidade dos últimos 50 anos, o fenômeno, que ocorre com frequência, ganhou destaque.

Nessa quinta-feira (24), começou a circular nas redes sociais que a nuvem de poeira pode atingir Natal. O título da publicação é o seguinte:

Urgente: intensa nuvem de poeira africana pode atingir Fortaleza, Natal e São Luís.

Os fatos

1) O chefe da unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), Gilmar Bristot, explicou ao Blog do Dina que a direção dos ventos fazem com que a chegada da poeira a Natal seja impossível.

“Neste período, os ventos estão de sul-sudeste, o que empurra a poeira, que já está bem ao Norte do oceano [Atlântico] para mais ao Norte, como é o que caminho que ela está fazendo. Então, não temos essa preocupação aqui”, esclareceu.

2) Ainda de acordo com o meteorologista, em outras cidades como Fortaleza e São Luís, que foram citadas no texto das redes sociais, o que pode haver é uma mudança na coloração do céu no nascer e no por do sol.

“Normalmente, durante o nascer e pôr do sol enxergamos o céu com uma cor alaranjada porque com o astro-rei mais próximo do horizonte, os raios solares atravessam uma camada maior da atmosfera e, com ela mais poluída por partículas de poeira ou fumaça, pode colaborar para um pôr ou nascer do sol mais avermelhado ou alaranjado”, acrescentou Meiry Sakamoto, gerente de Meteorologia da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

About author

dinarteassuncao

Comente: