fbpx


[VIDEO] Nasa lança robô Perseverance para a superfície de Marte

30 de julho de 2020

A Nasa, agência espacial americana, lançou uma ambiciosa missão para Marte nesta quinta-feira, 30, com a nova geração do rover Perseverance, um robô de seis rodas equipado com um minihelicóptero e carregado com equipamentos para futuras missões tripuladas.

A missão de US$ 2,4 bilhões, que teve decolagem por volta das 8h50 da manhã (horário de Brasília) do Cabo Caneveral, na Flórida, é planejada como a nona jornada da agência americana à superfície marciana. Os Emirados Árabes e a China lançaram neste mês sondas para Marte em exibições de suas próprias proezas e ambições tecnológicas.

Lançado no topo de um foguete Atlas 5 da joint venture United Launch Alliance, da Boeing-Lockheed, o rover Perseverance, do tamanho de um carro, deve chegar a Marte no próximo mês de fevereiro. Ele deve aterrissar na base de uma cratera de 250 metros de profundidade chamada Jezero, um antigo lago de 3,5 bilhões de anos atrás onde os cientistas acreditam que poderiam encontrar traços de potencial vida marciana microbiana passada.

“Isso é diferente de qualquer robô que já enviamos a Marte porque tem o objetivo de astrobiologia”, disse o administrador da Nasa Jim Bridenstine à agência Reuters. “Estamos tentando encontrar evidências da vida antiga em outro mundo.”

O veículo espacial tentará pela primeira vez trazer amostras de rochas marcianas de volta à Terra, coletando materiais em cápsulas do tamanho de charutos e deixando-os espalhados na superfície para serem recuperados por um futuro veículo espacial. Espera-se que o rover conceitual lance as amostras de volta ao espaço para se conectar com outras naves espaciais para uma eventual volta à Terra por volta de 2031.

Também a bordo do Perseverance está um helicóptero autônomo de 1,8 kg chamado Ingenuity, que deve testar pela primeira vez um voo com motor em Marte. Bridenstine disse que pode imaginar um dia em que a Nasa coloque um robô em Marte que possa implantar talvez uma dúzia de helicópteros diferentes para exploração.

Desde que o primeiro veículo espacial da Nasa, Sojourner, pousou em 1997, a agência enviou outros dois – Spirit e Opportunity – que revelaram a geologia de vastas planícies marcianas e encontraram evidências de formações passadas de água, entre outras descobertas. A Nasa também enviou com sucesso três pousadores – Pathfinder, Phoenix, InSight. “Sabemos que faremos descobertas com o rover Mars Perseverance que nos fará fazer muito mais perguntas, como todas as descobertas anteriores”, disse Bridenstine à Reuters.

Os Estados Unidos planejam enviar astronautas para Marte na década de 2030 sob seu programa Artemis, que prevê o retorno à Lua como uma plataforma de teste para missões humanas antes de dar o maior salto para Marte.

A Perseverance realizará um experimento para converter elementos da atmosfera marciana, rica em dióxido de carbono, em propulsores para futuros foguetes lançados da superfície do planeta ou para produzir oxigênio respirável para futuros astronautas. “Há muitas coisas que precisamos ser capazes de desenvolver e descobrir”, disse Bridenstine, “para que, quando chegarmos a Marte, possamos realmente sobreviver por longos períodos de tempo”.

Estadão

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code