Time do goleiro Bruno perde final de campeonato para equipe da Polícia Militar

14 de setembro de 2020

O Rio Branco, do Acre, time do goleiro Bruno – condenado pela morte de Eliza Samúdio – perdeu a decisão do Campeonato Acreano, no último sábado (12), para o Galvez por 2 a 0. O que chama a atenção é que a equipe campeã foi fundada pela Polícia Militar do estado.

Além de perder o título, o Rio Branco ficou sem calendário de competições nacionais para o ano de 2021.

Na semana passada, Bruno foi autorizado pela Justiça a treinar e jogar sem a tornozeleira. Ele foi contratado pelo Rio Branco em junho. O anúncio gerou protesto por parte da torcida.

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code