fbpx


Dina Verifica: Rihappy está dando presentes de Dia das Crianças por causa da Covid-19?

8 de outubro de 2020

O Dia das Crianças já está na porta, é na próxima segunda-feira (12). E, de acordo com informações que circulam nas redes sociais, a Rihappy, loja de brinquedos infantis, está dando 150 mil pacotes de presentes grátis em um site.

Para ganhar só é necessário compartilhar um link com amigos no WhatsApp. A redução da onda da Covid-19 no país e no mundo fez com que o número de notícias falsas e golpes relacionados à pandemia também diminuísse.

Segundo a mensagem que ganhou força no WhatsApp, a loja está aproveitando o Dia das Crianças para dar presentes. Leia a mensagem que circula nas redes sociais:

Para o DIA DAS CRIANÇAS preparamos algo especial ! Mais de 150 Mil pacotes de presente totalmente gratuito em solidariedade as crianças carentes e devido a Pandemia do COVID-19!

Ao entrar no site, você se depara com o “de sempre”: uma mensagem pedindo para que você preencha dados pessoais e, em seguida, compartilhe a mensagem com amigos no WhatsApp. Leia o que está escrito no site:

Ainda temos pacotes de presente disponíveis, complete seus dados abaixo e receba em sua casa um presente incrível para seu Filho(a)! PREENCHA CORRETAMENTE: NOME COMPLETO CONTATO (DDD) NÚMERO PRESENTE PARA: IDADE: * Caso você tenha mais de um filho, faça esse processo mais de 1 vez * PRÓXIMO

Seu presente está reservado! Conclua o ultimo passo e receba em até 3 dias úteis Para que outras crianças possam ganhar um presente no DIA DAS CRIANÇAS, precisamos que você COMPARTILHE essa informação com 5 amigos ou 5 grupos. Assim que finalizar essa etapa, dentro de 24h úteis estaremos entrando em contato com seu código de rastreamento para você acompanhar o envio do seu pacote! Compartilhe até completar a barrinha abaixo

Mas será que isso é verdade?

INFORMAÇÃO FALSA

OS FATOS

1) Não há informações sobre os presentes gratuitos nos canais oficiais da Rihappy.

2) O site oficial da loja é rihappy.com.br e não rihappy.online, como consta na mensagem.

3) O texto segue o enredo completo de uma informação falsa. Mesmo que você siga todos os passos, nada acontece ao final.

4) Ano passado, já circulou a mesma informação envolvendo a Rihappy. A diferença para esse ano é a menção à covid-19.

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code