fbpx


Após mais de 15 dias, bombeiros controlam incêndio que destruiu parte de reserva ambiental no RN

13 de outubro de 2020

Após mais de 15 dias, equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) trabalharam e controlaram um incêndio florestal de grandes proporções em uma área de serra, na zona rural do município de Serra Negra do Norte, região do Seridó potiguar.

O primeiro chamado para o Corpo de Bombeiros foi no dia 23 de setembro. Inicialmente, cerca de 20 bombeiros militares de Caicó e Mossoró foram deslocados para controlar as chamas. Porém, devido as dificuldades, foi necessário um reforço de 22 agentes da capital.

“Depois de vários dias de muito trabalho conseguimos debelar as chamas e lograr êxito em Serra Negra. Enfrentamos uma área de vegetação densa e de difícil acesso. Lá tudo é serra. Uma colada na outra. O fogo atingia uma e se espalhava. Desde o início, um dos nossos objetivos era impedir que isso acontecesse. Nessa ocorrência, atuamos incansavelmente de forma integrada com o município e a Defesa Civil. Felizmente deu tudo certo e o incêndio foi controlado”, explicou o Comandante do 2° Grupamento de Bombeiros, Major Alcione Araújo.

Ainda de acordo com o oficial, apesar de ser considerada uma grande operação, o fogo não atingiu casas e tampouco ameaçou a população. “A ocorrência aconteceu em uma área remota do município. Havia algumas casas e fazendas, mas fizemos o trabalho preventivo e graças a Deus não houve perigo, mesmo assim continuamos monitorando a área”, finalizou.

Ainda não é possível dizer a dimensão da área atingida. Ninguém ficou ferido e a causa do incêndio não foi descoberta.

Comentários %


Uma resposta para “Após mais de 15 dias, bombeiros controlam incêndio que destruiu parte de reserva ambiental no RN”

  1. […] último fim de semana, a corporação conseguiu controlar um incêndio que durava há mais de 15 dias no município de Serra Negra do Norte, no Seridó Potiguar. As chamas destruíram parte de uma reserva […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code