fbpx


[VIDEO] Em grave acidente, carro da F1 se parte ao meio e piloto fica 29 segundos dentro do fogo

30 de novembro de 2020

Um acidente gravíssimo marcou o Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1, neste domingo (29), ainda durante a primeira volta, no circuito localizado na cidade de Sakhir.

Menos de 30 segundos depois da largada a Haas de Romain Grosjean foi tocada pela Alpha Tauri de Daniil Kvyat na curva 3 da pista e bateu contra a barreira de proteção em alta velocidade. O carro se separou em duas partes e pegou fogo imediatamente.

Em meio às chamas, Grosjean conseguiu se soltar do equipamento, pular a barreira de proteção e ser socorrido pela equipe de resgate. Ele recebeu os primeiros cuidados ainda na pista e foi encaminhado para um hospital nos arredores do circuito.

Imagens aéreas exibidas pela organização da Fórmula 1 mostram que o piloto ficou por quase 30 segundos preso à célula de sobrevivência do carro em meio às chamas.

“A informação mais recente que eu tenho é de que ele está bem. Obviamente abalado e com certeza ele está passando por todas as verificações. Quero agradecer a todas as equipes de resgate, eles foram tão rápidos. Foi assustador, muito assustador. Tivemos sorte e prefiro essa sorte a qualquer sorte nas corridas”, disse o chefe da Haas, Guenther Steiner, ao site da F1.

Pelo Twitter, a Haas informou que o piloto sofreu pequenas queimaduras nas mãos e nos tornozelos, mas aparenta estar bem. No entanto, não vai correr a etapa do próximo domingo (6), novamente no Bahrein. Ele será substituído pelo brasileiro Pieto Fittipaldi.

“Eu não vi tanto fogo e um impacto assim. Romain começou a sair do carro, o que é incrível depois de um impacto como aquele. Todos os sistemas que desenvolvemos, o halo, as barreiras, os cintos de segurança – tudo funcionou como deveria”, declarou Alan van der Merwe, piloto do carro médico da F1.

A corrida ficou interrompida por mais de 1 hora para que os fiscais restaurassem a barreira de proteção e retirassem os destroços da pista.

Susto na relargada

Após a relargada, um outro acidente chamou atenção: Lance Stroll, da Racing Point, disputava posição com Kvyat, da Alpha Tauri, e acabou de cabeça para baixo.

Isso porque em uma curva fechada a roda dianteira esquerda de Kvyat – que também esteve envolvido no acidente com Grosjean – tocou a roda traseira direita de Stroll e fez o carro rosa da Racing Point ficar com as rodas para cima.

Apesar do susto, Stroll não sofreu ferimentos e saiu rapidamente do carro com ajuda dos fiscais. “Safety car, Lance está de cabeça para baixo, mas está OK”, escreveu a Racing Point em sua conta no Twitter.

CNN Brasil

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code