fbpx


‘A gente lamenta, mas a vida continua’, diz Bolsonaro sobre 200 mil mortes por Covid-19

8 de janeiro de 2021

O presidente Jair Bolsonaro lamentou a marca de 200 mil mortos por Covid-19 no Brasil, alcançada nesta quinta-feira, mas voltou a minimizar os números e disse que “a vida continua”. Ele sugeriu que nem todos morreram em decorrência da doença.

Segundo Bolsonaro, há mortes de Covid-19, e mortes com Covid-19, ou seja, pessoas que tinham o vírus, mas que faleceram em razão de outro motivo.

— A gente espera voltar à normalidade o mais rapidamente possível. No mais, a vida continua. Lamento as 200 mil mortes. Muitas dessas mortes com Covid, outras de Covid. Não temos uma linha de corte no tocante a isso daí. Mas a vida continua. A gente lamenta profundamente. Eu estou preocupado com minha mãe que tem 93 anos de idade. Se contrair o vírus, vai ter dificuldade pela sua idade. Mas temos que enfrentar isso aí — disse Bolsonaro em transmissão ao vivo na internet, acompanhado do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O presidente criticou medidas que paralisem a economia:

— Não adianta apenas continuar, como alguns querem continuar, aquela velha história de fique em casa que a economia a gente vê depois. Isso não vai dar certo. Vai ser um caos no Brasil. Pode nos levar a condições mais dramáticas ainda do que as consequências do vírus. Não podemos virar um país de pobres, de desempregados, sem PIB, um país endividado.

O GLOBO | Foto: EVARISTO SA / AFP

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code