fbpx


Há 42 mil anos, inversão nos polos magnéticos da Terra mudou o clima e pode ter alterado a história humana

23 de fevereiro de 2021

Há 42 mil anos, a camada de ozônio quase desapareceu. Os ventos do Oceano Pacífico se transformaram. O manto de gelo da América do Norte se expandiu. A megafauna da Austrália foi extinta, e os últimos neandertais desapareceram.

Da mesma época são datadas as primeiras pinturas rupestres em várias partes do globo. Agora, um grupo de pesquisadores relaciona esses eventos a um intenso enfraquecimento do campo magnético provocado durante a inversão dos polos da Terra.

O estudo que se baseou na análise do tronco de uma antiga árvore foi publicado na revista Science.

Veja a reportagem na íntegra em O GLOBO.

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code