fbpx


CPI amplia ofensiva e deve votar convocação de supostos membros do gabinete paralelo

7 de junho de 2021

Em reunião realizada por zoom neste domingo (6), integrantes da cúpula da CPI da Covid no Senado decidiram que irão analisar, nesta semana, os pedidos de convocação de integrantes do suposto gabinete paralelo da Saúde do governo de Jair Bolsonaro.

A intenção é que os requerimentos sejam avaliados em bloco (de uma vez só), já nesta terça-feira (8). Os senadores também querem definir, no mesmo dia, as datas dos depoimentos.

O grupo seria responsável por aconselhar o presidente sobre o uso de drogas ineficazes contra a Covid-19 como hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina.

A investigação do ministério paralelo é uma das principais linhas de trabalho da CPI, que decidiu deixar momentaneamente de lado questões relativas ao ex-ministro da Saúde e general da ativa Eduardo Pazuello.

​A nova tendência se dá após o ressurgimento de um vídeo de uma reunião no Planalto, transmitida no Facebook do presidente, na qual foi sugerido um “gabinete das sombras”.

Folha de S. Paulo

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code