fbpx


TCU avança em ações do orçamento secreto

22 de julho de 2021

O Tribunal de Contas da União (TCU) tem ao menos cinco apurações em andamento para investigar possíveis irregularidades no uso de dinheiro público no caso do orçamento secreto.

As duas apurações mais avançadas estão sob responsabilidade dos ministros Aroldo Cedraz e Weder de Oliveira.

Revelado pelo no começo de maio, o orçamento secreto foi desenhado pelo governo Jair Bolsonaro em 2020 para beneficiar deputados federais e senadores com a indicação da destinação de dinheiro das emendas de relator-geral (também chamadas RP9) em troca de apoio no Congresso Nacional.

Ao todo, as emendas de relator somam R$ 20,1 bilhões no orçamento do ano passado.

Veja a matéria completa.

O GLOBO

Comentários 0


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code