fbpx


Novo relatório do LAIS confirma tese do Blog do Dina: Carnatal não piorou pandemia de covid-19 no RN; entenda

8 de janeiro de 2022

Um novo relatório produzido pelo Laboratório de Inovação e Tecnologia da UFRN (LAIS) confirma as teses levantadas pelo Blog do Dina, quais sejam, que o Carnatal não alterou a situação da pandemia de covid-19 no Rio Grande do Norte.

Também conforme apontado pelo Blog do Dina, houve leve variação para cima na demanda por leitos de covid-19 ao fim de 2021. O relatório produzido pelo LAIS, no entanto, explica do que se trata.

“O que ajuda a explicar esse aumento dos pedidos por internações em leitos covid-19 SUS no RN, especialmente quando há um grande número de indivíduos já vacinados contra a covid-19 no estado, é o surto de Influenza”, diz o texto.

O relatório chama ainda atenção para outro aspecto: desde o Carnatal, o RN desmobilizou ainda mais leitos covid-19, e mesmo assim o número de pacientes demandando esses leitos caiu:

Outra informação que se destaca no gráfico da Figura 6 é quando se compara a média móvel do dia 02 de dezembro de 2021 (uma semana antes do início do Carnatal) com a média do dia 07/01/2022 (hoje), pois percebe-se que há uma redução de 8 casos confirmados para covid-19 para 6,42 (redução percentual de 19,75%)…

…o que reforça mais uma vez que não houve impacto negativo do Carnatal no aumento de internações por covid-19 no RN. Esse aspecto é confirmado também pela taxa de ocupação de leitos de UTI covid-19 que é a menor já registrada desde o pico da “segunda onda” de covid-19 no RN.

Comentários


2 respostas para “Novo relatório do LAIS confirma tese do Blog do Dina: Carnatal não piorou pandemia de covid-19 no RN; entenda”

  1. […] está um novo relatório do Lais informando que o Carnatal não alterou coisa nenhuma o cenário da pande… de covid-19 no […]

  2. Márcio Coutinho de Carvalho disse:

    Professor da UFRN diz que aumento de internações por Covid dobrou depois do Carnatal – https://bit.ly/3pUYBxX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code