fbpx


Queiroga diz que principal ação contra ômicron é ampliar vacinação

12 de janeiro de 2022

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a principal ação diante do crescimento de casos de Covid-19 é ampliar a vacinação no Brasil. Segundo o ministro, isso deve ocorrer principalmente no Norte porque a aplicação da segunda dose e a dose de reforço na região está baixa.

“A principal ação sem dúvida é a campanha de vacinação, ampliar a dose de reforço. Em alguns estados onde a segunda dose está baixa tem que ampliar, sobretudo na região Norte. Eu tenho falado disso de maneira reiterada e o Brasil é testemunha”, destacou.

Queiroga explicou que o indivíduo que não tem o esquema vacinal completo tem mais chance de desenvolver formas graves da doença. No Pará, por exemplo, a pasta tem visto um aumento no caso de hospitalização e de óbito.

Segundo dados do consórcio de veículos de imprensa, o Brasil registrou 73.617 casos de Covid, nesta terça-feira (11). Também foram registrados 139 mortes em 24 horas.

Com isso, o país chegou a 22.630.142 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 e a 620.281 vidas perdidas desde o início da pandemia. A explosão de casos ocorre em meio à expansão da variante ômicron e após as festas de fim de ano no país.

Folha de S. Paulo

Comentários %


Uma resposta para “Queiroga diz que principal ação contra ômicron é ampliar vacinação”

  1. Tereza disse:

    Em percentual foi aproximadamente 2,74% de falecido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code