fbpx


Bivar é o 9º nome da terceira via a desistir da disputa pela Presidência

1 de agosto de 2022

O presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, anunciou no domingo (31) a sua desistência da corrida pela Presidência da República. Ele deverá tentar a reeleição como deputado federal por Pernambuco. Com isso, Bivar é o nono nome da chamada terceira via a deixar a disputa.

As pesquisas de intenção de voto têm mostrado uma consolidação do cenário de polarização entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL). Segundo o agregador CNN/Locomotiva, Lula tem 46%, e Bolsonaro, 31%. Ciro Gomes (PDT) aparece na sequência, com 8%.

As demais opções não têm conseguido alavancar suas candidaturas. No levantamento mais recente do Datafolha, divulgado em 28 de julho, por exemplo, Bivar não pontuou. A estabilização do cenário e as dificuldades para decolar nas pesquisas têm levado à desistência de candidaturas.

Antes de Bivar, já haviam se colocado como pré-candidatos à Presidência o ex-juiz Sérgio Moro (União Brasil), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), o também senador Alessandro Vieira (PSDB), o apresentador Luciano Huck (sem partido), o empresário João Amoêdo (Novo), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (União Brasil) e os ex-governadores João Doria (PSDB) e Eduardo Leite (PSDB). Todos eles desistiram.

O União Brasil ainda não decidiu se lançará um outro nome ao Palácio do Planalto. No domingo (31), Bivar sinalizou que a senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS), ex-aliada de Bolsonaro, poderá assumir como candidata.

CNN Brasil

Comentários 0


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code